Sexta-feira, 29 de Julho de 2011

17º Capitulo - "O que se passa é o seguinte. Eu…"

Hey, a quanto tempo! ( A Maria anda para me estrangular com os meus "atrasos")

Não sei que diga! Em primeiro que lamento e quem tem de culpar é a mim! ( A Maria tá sempre a dizer para eu postar, mas esqueço-me)

Lamento imenso, mas o capitulo vai ser intenso e especial. Espero que gostem! (:

**************************************************************

Eram nove e meia da noite e Selena encontrava-se no seu quarto, vestindo este conjunto.

(sem as meias)

Todas as noites, competia a um dos lobos da alcateia dos Quillette, fazer a ronda à cidade. Nessa noite, era Taylor quem ia vigiar Forks, protegendo a população dos vampiros.

Selena foi a um bar/discoteca junto à praia e Taylor na sua vigia, viu-a entrar. Obviamente, correu até lá, preocupado com esta nova Selena que lhe era completamente desconhecida. Depois das aulas tentou falar novamente com ela, mas sem sucesso.

Agora era a sua oportunidade. Taylor estava confuso; todas aquelas certezas que tinha em relação à sua decisão de acabar o namoro para proteger Selena, estavam agora todas postas em causa, com a sua nova atitude.

Ela estava diferente. Já não era o medo que a comandava, mas sim a vontade de viver, de não desperdiçar nem um segundo da sua vida, aproveitá-la ao máximo! Queria ultrapassar todos os riscos, todos os seus objectivos, queria viver no limite.

Taylor entrou no bar. A música estava alta, as luzes eram fortes e estava praticamente tudo bêbado. “Que ambiente!” pensou Taylor. “Ainda por cima servem álcool a menores de idade!” comentou, desta vez alto, ao ver um puto alcoolizado na pista de dança.

Rapidamente avistou Selena, agora já com um copo na mão, dançando agarrada a um tipo todo tatuado, que não tinha outro sítio onde pôr as mãos para além da sua alegada companheira da dança.

Taylor estava confuso e extremamente irritado! Aquela não era a Selena que ela conhecia. Nunca na vida ela bebia, aliás era contra a ingestão de bebidas em discotecas.

Correu atrás dela, afastou-a do homem dando logo de seguida um murro no sujeito que caiu no meio do chão não dando luta pois encontrava-se alcoolizado e também não teria hipóteses enfrentando Taylor. Este por sua vez agarrou Selena e puxou-a à força para fora da discoteca e apesar da sua relutância em sair. Berrou, esperneou e lutou contra os braços de Taylor que a puxavam.

 

Selena: Larga-me! Larga-me! TAYLOR! Estás doido? Larga-me!

 

Já fora da discoteca, Taylor largou Selena e ela tentou voltar a entrar ao mesmo tempo que berrava. Taylor pôs-se em frente da porta e Selena não teve hipóteses de voltar a entrar.

Taylor: Pára! Não vale a pena! Pára! Já sabes que comigo não vais levar a melhor.

Selena: Vais-me mas é sair da frente imediatamente!

 

Selena tenta empurrar Taylor, mas este nem um milímetro cedeu, o que

Selena estranhou. Voltou a empurrá-lo.

 

Selena: Sai da frente! Sai! Pensas que mandas! Eu faço o que quero! Sai! (revirou os olhos) Porque é que estás a fazer isto?!

Taylor: Quando decidires parar de te armar em menina de cinco anos, podemos falar.

 

Selena passou-se! Mas não valia a pena. Com Taylor seria uma guerra perdida. Abanou a cabeça de um lado para o outro e voltou-se. Caminhou até ao carro. Taylor ficou sem palavras, mas isso não o impediu de correr atrás dela e de berrar.

 

Taylor: Selena! Pára com isso! Pára! Ouve-me carago!

Selena (voltando-se): Taylor, (disse numa voz muito calma) não querias que parasse de me armar em menina de cinco anos? Pois esta sou eu a fazer-te o favor (abre a porta do carro).

Taylor: Estás doida?! Agora foi nisto que tornaste? Linda cena Selena! (ela senta-se no carro, ignorando o “sermão” de Taylor) Quer dizer, primeiro foi esse novo visual que mais valia andares nua, enfim...! (Selena riu-se de ironia, tendo em conta que tivera vindo a encontrar Taylor muitas vezes sem camisa) Agora foi isto! Que cena ridícula! Já pensaste no que podia acontecer se eu não te tivesse tirado daquele… sítio!?

Selena (com a janela aberta e o com o cotovelo pousado nela, pousou a cabeça na mão): Já acabaste?

 

Taylor encheu-se de raiva e abriu a porta do carro. Puxou Selena brutamente para a frente deste e fechou a porta do carro.

 

Selena: Au! ‘Tás parvo?! Magoaste-me.

 

Selena encostou-se ao carro, agarrada ao braço.

 

Taylor: Eu é que estou parvo?!

Selena: Taylor, diz lá o que tens a dizer que eu não tirei a noite para te aturar e muito menos tenho paciência.

Taylor: O que se passa é o seguinte. Eu…

Selena cruzou os braços à espera que Taylor falasse.

 

Taylor: Eu… Eu… (baixa a cabeça).

Selena (assenta com a cabeça, abre a porta do carro, senta-se e liga a ignição. Olha para Taylor.

Selena (desiludida): Bem me parecia (arranca).

 

Taylor fica especado a olhar para o carro que cada vez mais se afastava. Levou as mãos à cabeça e continuou a sua ronda.

 

Taylor: Foda-se.

 

**************************************************************

Entao gostaram? (:

Não percam o proximo, ira ser... arrepiante!

Xoxo.


Nome: She Wolf
Fic Actual: She Wolf II - O inicio nem sempre tem um fim.
Webmiss: Little Miley
Escritoras: Little Miley & Maria Lambert
Data do começo: 07/01/2011
Data do Fim: ???
Nº Capitulos: ???

17º Capitulo - "O que se ...

New Look;

16º Capitulo - "Joe! Tu r...

15º Capitulo - "Que foi i...

14º Capitulo - "Não vais ...